Organizar e ter os processos montados e padronizados é fundamental para o sucesso de internacionalização das empresas, defende Rui Paiva, administrador da Sonaecom, no almoço-debate intitulado “Vamos lá sair da zona de conforto e correr o mundo!”, organizado pela Bizdirect, em Lisboa.

Organizar e ter os processos montados e padronizados é fundamental para o sucesso de internacionalização das empresas, defende Rui Paiva, administrador da Sonaecom, no almoço-debate intitulado Vamos lá sair da zona de conforto e correr o mundo!, organizado pela Bizdirect, em Lisboa.

Segundo Rui Paiva, administrador das SSI Sonaecom – WeDo Technologies, BizDirect, Mainroad e Saphety – afirma ainda que não temos de ser modestos, devemos de ser humildes. É benéfico que mesmo a educação dos mais pequenos seja fomentada neste sentido.

Como se costuma dizer: Portugal para nascer, o Mundo para viver.” declarou José Vital Morgado, administrador executivo da AICEP. Segundo o mesmo, atualmente, alguns dos mercados mais atrativos são a Colômbia e a África do Sul, sendo que o AICEP apoia já mais de 50 empresas por ano, nos diversos mercados e setores. Por ano, são ainda colocados cerca de 300 estagiários no estrangeiro através do programa InovContacto.

 

Para Carlos Leite, Country Manager da HP, é muito importante preparar os parceiros de negócio com todas as armas para anteverem o que for necessário fora de portas.

 

Faz sentido que as maiores empresas ajudem as mais pequenas no processo de internacionalização. É esta a opinião de Francisco Montanha Rebelo, administrador da Brisa Inovação. As empresas portuguesas devem assim assentar numa política de maior cooperação, partilhando de forma aberta as dificuldades sentidas e as melhores estratégias para as superar.

 

Os mecanismos fiscais necessários para sustentar os processos de internacionalização nem sempre existem, o que pode criar alguma falta de capacidade e sustentabilidade das empresas para se internacionalizarem, segundo Manuel Castelo-Branco, administrador dos CTT. Este vai ainda mais longe afirmando que cada país tem as suas especificidades. No entanto, quando entramos num mercado esperamos, muitas vezes, resultados imediatos.

 

Durante o almoço-debate organizado pela Bizdirect foi ainda debatido que quando se aposta na internacionalização de uma empresa, é importante estabelecer boas relações com o meio envolvente, estar confiante dos seus produtos e saber quais as mais-valias que trarão para esse mercado.

arrow_upward
Gestão de Cookies
Abaixo apresentamos os grupos de cookies recolhidas, que deverá selecionar de acordo com as suas preferências. A qualquer momento poderá alterar ou retirar as suas permissões de cookies.

Usados para armazenar cada configuração de sessão, nomeadamente, as suas preferências de idioma.

Usados para medir o desempenho da velocidade do site e para recolher informações relacionadas com quais páginas do site têm mais ou menos visualizações de forma a ajudar a melhorar o conteúdo para todos os utilizadores do site em geral.

Usados para recolher informações sobre qual campanha dirigiu o utilizador ao site e qual conteúdo é de maior interesse para cada utilizador. 

Saiba mais sobre a Bizdirect e a forma como tratamos os seus dados, consultando a nossa Política de Privacidade.