Com a aposta que a Microsoft tem feito em SharePoint Online e com a recetividade que tem tido por parte do mercado intensificou-se a necessidade de conseguir reproduzir algumas das funcionalidades que usualmente eram utilizadas em cenários On-Premise em cenários Online. Como um destes exemplos temos os Timer Jobs.

E o que são os Timer Jobs? Não são mais do que conjuntos de instruções ou lógica em código que são executados automaticamente e periodicamente, conforme uma determinada configuração.

Em SharePoint On-Premise, quando é necessário desenvolver um Timer Job, é necessário executar os seguintes passos:
1. Criar um projeto do tipo SharePoint;
2. Criar uma classe, onde é definido o código que o Timer Job vai executar;
3. Criar uma feature, encarregue de registar o Timer Job;
4. Compilar um package e fazer deploy do mesmo.

Nesta ferramenta não é possível fazer o deploy de packages com código como em SharePoint On-Premise. A alternativa a esta limitação passa pela implementação de Azure WebJobs.

Esta abordagem implica a existência de uma subscrição ativa de Microsoft Azure, fundamental para suportar a execução do código do WebJob e a correspondente interação com o SharePoint Online.

A execução de WebJobs não acarreta custos adicionais para o cliente no seu Portal Azure e permite a sua execução de três maneiras: manualmente, continuamente ou numa data agendada.

O processo de desenvolvimento de um WebJob para ser executado no contexto desta ferramenta, implica seguir os seguintes passos:
1. Disponibilizar uma Service Account que o Azure WebJob usará para comunicar com o SharePoint Online;
2. Criar uma Console Application (é possível usar .cmd, .bat, .exe, .ps1, entre outros) onde se define o código que o WebJob vai executar;
3. Publicar a Console Application no Azure WebJob.

Num cenário onde uma empresa precisa de mover os seus processos de negócio e informação corporativa de On-Premise para Online é possível manter as lógicas de negócio previamente desenvolvidas via Timer Jobs através da sua reimplementação em WebJobs.

Na Bizdirect podemos ajudá-lo com as suas necessidades de atualização para SharePoint Online, otimizando os custos inerentes ao uso da sua infraestrutura Azure.

Saiba mais sobre as particularidades associadas ao desenvolvimento desta funcionalidade em SharePoint Online e Azure

arrow_upward
Gestão de Cookies
Abaixo apresentamos os grupos de cookies recolhidas, que deverá selecionar de acordo com as suas preferências. A qualquer momento poderá alterar ou retirar as suas permissões de cookies.

Usados para armazenar cada configuração de sessão, nomeadamente, as suas preferências de idioma.

Usados para medir o desempenho da velocidade do site e para recolher informações relacionadas com quais páginas do site têm mais ou menos visualizações de forma a ajudar a melhorar o conteúdo para todos os utilizadores do site em geral.

Usados para recolher informações sobre qual campanha dirigiu o utilizador ao site e qual conteúdo é de maior interesse para cada utilizador. 

Saiba mais sobre a Bizdirect e a forma como tratamos os seus dados, consultando a nossa Política de Privacidade.